O que não colocar em um Currículo?

É imprescindível que você saiba o que não colocar em um currículo antes de elaborar o seu. E caso você já tenha o documento pronto essas sugestões servirão para corrigir os erros que eventualmente possam aparecer.

Todos nós teremos a necessidade de escrever o nosso currículo em algum momento de nossas vidas. Mesmo sendo algo tão comum, muitas são as dúvidas − e erros − que aparecem.

Aqui você vai descobrir o que não colocar em um currículo e o que deve ser colocado para causar uma boa impressão. Além disso, vamos lhe dar uma dica muito interessante para tornar a sua experiência atrativa.

O que não colocar em um Currículo

O que não colocar em um Currículo

Há coisas intuitivas que sabemos que não devem constar no currículo, mas há outras que nem tanto. Afinal, o que não colocar em um currículo? Algumas sugestões simples irão esclarecer essa dúvida.

Começando do início do documento: cuidado com seus dados pessoais. Não há necessidade foto, estado civil, número de filhos e coisas do gênero. Sobre o endereço de email, este deve ser profissional.

Não é necessário contar a sua história no currículo, o documento deve ser de fácil visualização e o recrutador deve conseguir encontrar o que ele deseja apenas batendo o olho no papel.

Não liste suas habilidades (carismático, inteligente, proativo, etc.), deixe isso para a sua entrevista caso seja perguntado. E, como dá para imaginar, não exponha os seus hobbies (passatempos).

Não é preciso colocar indicações dos seus empregos anteriores e busque colocar apenas as experiências mais relevantes. Sabendo o que não colocar em um currículo, descubra o que é para ser colocado no próximo tópico.

Uma boa estrutura para o seu currículo

  • Dados pessoais relevantes

Quando falamos de dados pessoais relevantes estamos nos referindo a nome, e-mail e telefones (de preferência o celular). Caso ache necessário, pode colocar o seu endereço.

  • Resumo e objetivo

Este item deve ser sucinto, não excedendo quatro ou cinco linhas. Fale da sua posição (ou algum cargo passado se realmente achá-lo relevante) e seus objetivos.

  • Experiências

Coloque as experiências no currículo de maneira visualmente simples. Acrescente a empresa, o cargo e o período de trabalho. Logo abaixo, em forma de pontos, liste as principais atividades exercidas.

  • Formação

É sempre interessante colocar a sua formação. Inclua o curso, a faculdade e o ano em que conclui os estudos (ou pretende concluí-los).

  • Atividades Extracurriculares

As atividades extracurriculares são muito interessantes para aqueles que buscam estágio. Iniciações científicas, projetos, participação em empresas juniores e afins são relevantes.

  • Idiomas

É sempre bom deixar claro o seu nível de inglês. Especifique sua fluência em leitura, escrita e fala. Caso saiba falar outro idioma não deixe de mencioná-lo.

Faça um currículo personalizado para cada vaga

Você já sabe o que não colocar em um currículo para não causar estranheza e evitar certas informações no currículo desnecessárias. Agora nós vamos lhe ensinar um truque.

Antes de enviar o seu currículo para uma determinada vaga ou empresa estude bem sobre ela. Veja quais experiências são mais relevantes para aquele caso e as deixe e evidência.

Modifique o seu resumo e objetivo profissional de maneira que atraia o recrutador daquela área. Pequenos ajustes − que não tomarão muito o seu tempo − farão toda a diferença.

Quer mais uma dica? Na hora de enviar seu currículo para alguma vaga não deixe de se apresentar e faça uma saudação ao endereçado. Enviar apenas o currículo pode passar batido pelo recrutador.

Agora você sabe o que não colocar em um currículo e pode começar a escrever (ou corrigir) o seu documento agora mesmo. Não se esqueça de formatar a fonte e deixá-lo bem organizado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *